Alkanza: Dificuldades e satisfações em nome do Heavy Metal


Enquanto gravavam o Debut “Colonizado Pelo Sistema” o ALKANZA passou por várias provações que o underground impusera. Desde trocas na formação à problemas com estúdios, como comenta o guitarrista/vocalista Thiago Bonazza:

Passamos pelas mais variadas situações possíveis, tivemos trocas de formação, horários para gravação (os nossos não batiam com os disponíveis do estúdio), financeiramente (afinal foi tudo pago por nós e não sai barato ter um material de qualidade), fora problemas pessoais que enfrentamos em nossas vidas durante as gravações.

Colonizado Pelo Sistema” também conta com letras fortes, onde a crítica a sociedade e governo não é pouca, e sobre esse assunto, Thiago diz não ter medo de alguma repressão por conta do tema lírico fortíssimo apresentado:

O Brasil esta virado em um circo, aonde o governo é o domador (mas nós que pagamos os salários deles) e o povo é o palhaço. Mas no fundo boa parte do povo gosta, afinal se você vende seu voto ou troca ele por benefícios já sabe que está colocando um corrupto lá. Não adianta ir para manifestação só para colocar foto no facebook, essa geração parece incapaz de viver o real e esquecer um pouco o virtual, está vindo uma geração de avatars onde todos são politicamente corretos, educados e conscientes, mas só no mundo virtual, afinal desejar ser é mais fácil do que ser realmente. Então devido a todas essas proporções não acredito que iremos sofrer algum tipo de represaria pelo nosso tema lírico.


Alfinetando ainda mais a situação atual em que nosso país vive, o ALKANZA decidiu lançar seu Debut no feriado do dia 7 de setembro, em uma forma de protesto a nossa “liberdade”.

Nada melhor do que 7 de setembro, data da independência, porque hoje é o que queremos nossa independência desse governo medíocre e corrupto. Escuto as pessoas falando que os anteriores também roubavam como se fosse certo ou normal, meu Deus, essa mentalidade é ridícula, temos que melhorar as coisas e não nos conformar porque antes era assim, as coisas têm que evoluir, melhorar de verdade e não mascarar, porque uma hora a conta vem, como está vindo, para alguém ganhar parado outro tem que trabalhar por dois.

Aproveitando a ocasião do lançamento de “Colonizado Pelo Sistema”, um dos shows de divulgação do álbum será em sua primeira vinda ao Rio Grande do Sul (14/11 em São Leopoldo, maiores informações em breve), onde Thiago fala sobre a expectativa:

São as melhores possíveis, sempre quisemos tocar no RS, nosso baixista é gaúcho, e sempre vemos um público fiel, com força e energia, e estamos indo para somar e fazer dessa noite inesquecível e insana (no bom sentido, claro hehehe).

O dia 7 de setembro está chegando e marcará o lançamento deste grande disco, se você ainda não ouviu o que esse novo petardo tem a apresentar, acesse os links a seguir e ouça com exclusividade duas músicas que compõem o álbum:

Brasil”: http://bit.ly/1WOLKaP

Residente Do Caos”: http://bit.ly/1EeBylR


Links Relacionados:








0 comentários: