Animal House: Se mantendo autentico e não uma cópia


Quando se monta uma banda os músicos estão sempre em constante provações, seja com o público, imprensa e até mesmo com ex-integrantes.

E essas provações que fazem a banda trilhar seu caminho ou não. Porém o ANIMAL HOUSE preferiu seguir em frente, e mesmo com todas as dificuldades encontradas seu líder e mentor Mutle¥ (vocal) se manteve firme, e levando o nome da banda para frente, sem se aproveitar de outras situações que pudessem favorecer o ANIMAL HOUSE.

Como o próprio Mutle¥ explica:

Um passo de cada vez, é assim que segue o Animal House. Sem passar por cima das pessoas ou plagia-las, mas com nossa autenticidade e sim, passando por todos os problemas que uma banda pode trazer. Mas parece que algumas pessoas não entendem isso, e quando veem que o trabalho alheio está sendo reconhecido, querem tirar proveito do que foi um esforço seu não dos outros. De certa forma isso as vezes me irrita, mas não me desmotiva, pois o Animal House é maior que essas adversidades, tanto que estamos aí firmes e fortes.


Com o lançamento do EP “Limbo” o ANIMAL HOUSE ganhou mais projeção na cena underground, onde vem conquistando seu espaço perante fãs e mídia especializada. Confira o que alguns veículos têm falado de “Limbo”:

Toca do Shark: “O vocal de Mutley é rasgadão, mas grave, uma coisa bem tensa, a bateria direta e profunda, sem espaço para invencionices estapafúrdias e as linhas de guitarra são esmeradas e virtuosas sem ser chatas.

Heavy Metal All Night: “Com pouco mais de 15 minutos de audição o disco mostra muito potencial, com composições bem trabalhadas.

A Música Continua a Mesma: “Essa melhora deu ao som do Animal House mais peso e intensidade, além de um ar mais moderno, apesar de ainda ser possível escutar de forma clara em seu som a sonoridade da estréia. As composições estão nitidamente mais bem arranjadas e caprichadas, mostrando todo o crescimento técnico da dupla M.Animal (vocal/bateria) e Paulo On (guitarra/baixo).


Links Relacionados:

Twitter: @animal_house1






0 comentários: