Alkanza: Falamos do Brasil para os brasileiros, ficou sem nexo continuar cantando em inglês


Com as gravações de “Colonizado Pelo Sistema” a todo vapor o ALKANZA decidiu que seu primeiro Debut teria que ser cantado em língua pátria, com o intuito de expressar toda sua indignação por um mundo desigual e corrupto, como explica o vocalista/baixista Thiago Bonazza:

Desde o começo queria uma música em português para encerrar o álbum, e quando a compus vi que ficava mais nossa cara, afinal falamos do Brasil para os brasileiros, ficaria sem nexo continuar cantando em inglês.

A questão de cantarmos em português nos inspira para expressarmos o modo que pensamos, pois de fato somos colonizados diariamente sendo induzidos em ter atitudes e comportamentos impostos pela mídia e sociedade.

Sendo assim as letras do trabalho não poderiam vir menos agressivas e criticas, com intuito de chocar e levar a realidade aos que escutam, numa forma de protesto, gritando aos quatro cantos do mundo. E Thiago ressalta que:

As letras retratam tudo religião, sociedade, política, mídia, essas coisas que estão no nosso dia a dia.

O que realmente nos inspirou foi à situação atual do país em que vivemos essa corrupção esta nas entranhas da nossa pátria, agora só está mais exposta, mas sempre esteve lá, infelizmente.


Links Relacionados:








0 comentários: