Wael Daou: ... O pequeno público que tem é bem fiel e faz tudo valer a pena!


Dando uma pequena pausa nos inúmeros projetos, o mago das oito cordas WAEL DAOU respondeu algumas perguntas a Heavy And Hell Press sobre sua paixão pela guitarra de oito cordas, assim como é a cena nacional para um músico solo, confira:

Como surgiu o interesse por tocar com guitarras de oito cordas?

WD: Foi uma grande coincidência, eu havia parado de tocar por quatro anos, e numa viagem a São Paulo entrei numa loja em busca de uma guitarra de sete cordas... E só tinha um guitarra de oito! Foi quando eu fiz o testdrive e me apaixonei!

Isso acaba sendo um diferencial sonoro. O que muda musicalmente referente ao instrumento?

WD: Bem eu tento usufruir das possibilidades, das novas inversões de acordes e texturas nos fraseados... E me preocupo bastante pra não ocultar o baixo nas minhas linhas de riffs já que é grave pra caramba! (risos)

E falando do cenário nacional em si, quais são as dificuldades para um músico solo?

WD: São enormes, desde o público que ainda é pequeno e formado pela sua grande maioria de músicos (diferente da Europa).
Mas o pequeno público que tem é bem fiel e faz tudo valer a pena!

Lembrando que em 2015 WAEL DAOU estará retornando a todo vapor com seu novo disco e seu primeiro livro, “Tenha Modos!!”, então fique ligado, pois o mago não para e muitas novidades estão por vir!


Link Relacionados:

Twitter: @waeldaou






0 comentários: