Alkanza: Entrevista ao blog Heavy Metal All Night


E os catarinenses do ALKANZA encerram 2014 com mais uma bela entrevista, desta vez ao blog Heavy Metal All Night, onde o baixista/vocalista Thiago Bonazza conta como surgiu a banda, planos futuros e sobre o que ocorre com as más produções de shows em nosso país.

Confira agora mesmo um trecho da entrevista realizado por Artur Azeredo:

Como surgiu o Alkanza? E por que o Thrash Metal?

O Alkanza surgiu como meu projeto, queria fazer algo diferente do que eu vinha tocando(heavy metal),queria algo mais pesado com afinação baixa, mas nada com regras, e se tornou thrash, pelo vocal, peso. As pessoas colocaram assim,mas acho que tem varias influencias, e a proposta de não se remeter musicalmente a rótulos nos faz ter liberdade de tocar e criar o que eu quiser.

Vocês já estão trabalhando em um full-lenght? O que podem nos adiantar?

Sim, já finalizamos as musicas e entraremos em estúdio no comecinho do ano. O que posso adiantar com exclusividade, é que agora será tudo cantado em português. Inclusive as musicas do EP que estarão no full-lenght, e isso foi de forma natural, pois queríamos  uma faixa em português no álbum, e com ela pronta vimos que em nossa língua deixamos as coisas mais claras, mais nossa cara, e por isso assim será.

Como vocês veem o atual momento do Heavy Metal nacional depois dos acontecimentos do Zoombie Ritual?

Deixo claro que é MINHA OPINIÃO, acho que os produtores deveriam valorizar mais as bandas brasileiras, e o publico mais ainda. E que os produtores tenham mais responsabilidade e saibam os passos que estão dando.O mercado brasileiro é um dos mais rentáveis  do mundo, são os melhores fãs cara, e não tenho a menor duvida disso, então por que as bandas se fodem tanto? Por que shows vazios? E não falem que é por falta de qualidade por que tem muita banda boa.

Leia a entrevista na íntegra aqui: http://bit.ly/16N0qkU


Links Relacionados:









0 comentários: